Nani Azevedo
Nani Azevedo
12
Fechar

Nani Azevedo

Agosto, 1963
Desenhista, arquiteta, fotógrafa, ilustradora, artista plástica, gravadora. Curiosa. Poliartista. Apelidada carinhosamente de "Nani da Vinci" pelo amigo arquiteto Eric Perman, dada sua versatilidade e inventividade. Adotou, feliz, esta hashtag divertida.

Desde criança, seu desenho já chamava a atenção dos professores na escola. Era apaixonada pela magia das cores. Iniciou-se na pintura a óleo em 1977, com aulas particulares de sua tia Zequinha Simas, formada pela Escola de Belas Artes do Rio. Foi com ela que aprendeu suas primeiras noções de perspectiva.

O ingresso na Faculdade de Arquitetura da UFPE, em 1982, afastou-a um pouco da pintura. Mas não do processo estético e criativo. Estavam abertas as portas dos conhecimentos do mundo das artes. Depois de formada, ensinou a disciplina de "Perspectiva" na Faculdade de Arquitetura ESUDA. Trabalhou durante cerca de 10 anos como arquiteta associada no escritório "Sena Caldas & Polito". Trabalhou ainda com o patrimônio histórico na Prefeitura de Olinda durante 2 anos.

Em 2006, já desencantada com o mercado de trabalho de arquitetura, começou a estudar fotografia com o mestre Assis Lima. Após anos de estudo e prática da fotografia, foi convidada pelo amigo Miguel Henriques para participar da mostra coletiva de artes mais significativa da cidade: A Exposição de Artes do IMIP, sob a curadoria do artista plástico Pedro Frederico, no Museu do Estado de Pernambuco em 2013.

Foi ainda em 2013, que voltou a estudar pintura, com Plínio Santos Filho, no Espaço Vitruvio. E não parou mais. Vieram outros mestres, como Sergio Esteban (2013), Jessica Martins (2015) e, atualmente, Roberto Ploeg (2017). Caçadora incansável de novidades, não almeja ser reconhecida por uma linguagem única e repetitiva. Seria o fim do seu traço expressionista e criatividade irrequieta. Porque nasceu para amar e buscar o NOVO. Sempre.

Exposição Coletiva

2013| XIV Exposição de Artes do IMIP, Museu do Estado de Pernambuco, Recife
2013| Recife Pintado, Espaço Vitruvio, Recife
2013| O olhar do fotógrafo, II Exposição do PFC, Recife
2014| XV Exposição de Artes do IMIP, Museu do Estado de Pernambuco, Recife
2014| Tá pintando o Gol, Grupo Art Mix, Livraria Saraiva Riomar, Recife
2015| Um olhar sobre Brennand, PFC, Est. Cabo Branco, João Pessoa
2015| XVI Exposição de Artes do IMIP, Museu do Estado de Pernambuco, Recife
2015| Liberté, Égalité, Fraternité, VI Exposição do PFC, Recife
2015| Trabalhos sobre Papel, Espaço Vitruvio, Recife
2016| XVII Exposição de Artes do IMIP, Museu do Estado de Pernambuco, Recife
2016| Retalhos da Itália, Cantina Di Luigi, Recife
2017| XVIII Exposição de Artes do IMIP, Museu do Estado de Pernambuco, Recife

Ver mais

Obras