Sebastião Pedrosa
Sebastião Pedrosa
14
Fechar

Sebastião Pedrosa

Janeiro, 1950
Sebastião Gomes Pedrosa, arte educador e artista plástico, com especialização em arte pela Universitá Internazionale dell’ Arte de Venezia, na Itália (1974/1975). Especialização em Arte Educação pela Birmigham Polythecnic, na Inglaterra (1977/1978). Mestrado em Arte-Educação na mesma Politécnica em 1980/1982. E título de doutor obtido em 1993 pela Birmingham City University na Inglaterra. Lecionou no Departamento de Arte e Comunicação da UFPB no período de 1978 a 1985. A partir de 1985 lecionou no Departamento de Teoria da Arte e Expressão Artística da UFPE. Exerceu o cargo de Coordenação da Licenciatura em Educação Artística, Artes Plásticas na mesma universidade entre 1994 e 2010. De 1995 a 1999 colaborou com a Escolinha de Arte do Recife como presidente. Em março de 2011 se aposentou das funções acadêmicas na UFPE para dedicar-se inteiramente a sua produção de artes plásticas.
É membro sócio da ANPAP – Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas.

Meu trabalho é desenvolvido de acordo com uma gama de tentativas e experimentações. Se manifesta tanto em uma escala muito reduzida como uma folha tamanho A4, em tamanhos e suportes variados, chegando ao tamanho maior de 130 x 100 cm, tanto em espaços bi como tridimensionais. Nas artes visuais meus interesses são múltiplos, tenho explorado as várias categorias de gravura, a caixa/objeto, a colagem, o livro de artista, a pintura acrílica.

Quase sempre em minha pintura eu uso a grade como uma estrutura sobre a qual eu acrescento camadas por camadas, num processo aditivo de construção da imagem. A partir desta base, aparentemente rígida, eu aplico a cor de maneira livre e espontânea, sem predeterminações e intenções pré-estabelecidas mas, talvez guiado pelo emocional ou espiritual.
Eu considero as composições em camadas, frequentes em minha pintura, como reflexo de um desejo de reconciliar preocupações pictóricas formais com um interesse em criar imagens derivadas de processos, talvez influenciados por modelos de abstração geométrica modernista em adição à minha experiência cotidiana com o ambiente urbano em que eu vivo.
O formalismo presente nas pinturas se manifestam também nas minhas pequenas gravuras, nos pequenos livros de artista, nas caixas ou relicários.

Principais exposições realizadas:
2017 Geometria e Trama – Art Plural Galeria (www.artepluralgaleria.com.br) Pintura acrílica e objetos tridimensionais. Curadoria de Raul Córdula.
2016 Cruzando Mares: A poética Visual de Graham Snow e Sebastião Pedrosa, Instituto de Arte Contemporânea (IAC), Exposição de comemoração dos 70 anos da UFPE. Dois artistas convidados.
2014 Tessituras; pintura acrílica sobre diversos suportes – Dumaresq Galeria de Arte, Recife – PE. www.dumaresq.com.br
2012 Babel; pintura acrílica sobre diversos suportes – Dumaresq Galeria de Arte, Recife – PE. www.dumaresq.com.br
2010 Tramas da Memória; desenhos, técnica mista e colagens – Dumaresq Galeria de Arte, Recife – PE.
2009 Letters Abroad e Outras Escrituras – Técnica mista e Livros de Artista. Dumaresq Galeria de Arte, Recife – Pe.
2003 Gravuras em Metal “Secret Writing” - Taller Galeria Fort”, em Cadaqués – Espanha. 33 gravuras em metal, por ocasião do 23º Mini Print International of Cadaqués.
2003 Gravuras e Desenhos de Sebastião Pedrosa – Da série Escrita Secreta. Centro Cultural São Francisco, João Pessoa - PB.
2002 Gravuras de Sebastião Pedrosa – Museu da Gravura Cidade de Curitiba – PR.
Gravuras: “Dos Incunábulos e dos Mitos” Técnicas e suportes diversos – Dumaresq Galeria de Arte – Recife – PE.
2000 Gravuras em metal e Xilogravuras - Museu de Arte do Espírito Santo - Vitória – ES.
Relicários da Mata Atlântica; 80 livros de artista; Galeria Pequeno Formato - Departamento de Cultura - UFPE - Recife - PE.
1985 Pinturas acrílicas, Centro de Artes e Comunicação - Universidade Federal de Pernambuco - Recife – PE.
1985 Desenhos e Pinturas; Galeria de Arte José Américo - João Pessoa - PB.
1983 Pinturas, Departamento de Arte e Comunicação – Universidade Federal da Paraíba.

Ver mais

Obras